O governo da raiva

O publicista alemão Wolfgang Effenberger salientou repetidamente a consequência para a paz na Europa e no mundo de que o governo britânico mantém uma multidão de documentos – desde a Guerra da Crimeia em 1856 – classificados para o futuro.

Baerbock ou Laschet: deveria ser essa a questão?

As declarações de Baerbock na direcção de Moscovo deixam claro que ela está disposta a seguir o caminho do confronto absoluto no interesse de outros contra a Rússia. Desde Joschka Fischer, a guerra tem estado “em boas mãos” entre os Verdes.