Eduardo J. Vior

Eduardo J. Vior nasceu em Buenos Aires em 1950, no “Ano do General Libertador San Martín”.

Estudou História na Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade de Buenos Aires, onde se graduou como professor de História em 1977. Em 1980 emigrou para a Alemanha, onde viveu até 2004.

Obteve os graus de Magister Artium em Ciência Política em 1984 (Heidelberg) e de doutor em Ciências Sociais em 1991 (Gießen). No primeiro caso apresentou uma tese sobre “Peronismo: nacionalismo popular na Argentina” e no segundo sobre “Imagens e projectos de nacionalidades no Brasil e na Argentina”.

Ensinou “Cultura e Sociedade na América Latina” em numerosas universidades alemãs e foi assistente na Cátedra de Educação da UNESCO para os Direitos Humanos na Universidade de Magdeburg entre 2001 e 2004.

Após regressar à Argentina, ensinou Ciências Política nas universidades nacionais de La Matanza e Rio Negro, bem como na Universidade Federal de Integração Latino-Americana em Foz de Iguaçu, Brasil.

Desde 2012 voltou ao jornalismo como analista internacional para diferentes meios de comunicação social no país e no estrangeiro.

Entre as suas publicações está o livro “Migraciones internacionales y ciudadanía democrática” (2012).

Publica também numerosos artigos sobres migrações internacionais, cidadania sul-americana, teoria da nação, etc.

Os seus artigos podem encontrar-se em castelhano no seu blog.

Os seus artigos são traduzidos para português pelos brasileiros DuploExpresso e Dossier Sul.